Translate

sábado, 24 de maio de 2008

Não basta apenas desenvolver software, tem que participar!

Acompanho a mais de 8 meses o blog da Aísa Pereira, consultora em Engenharia de Venda de Software, onde seu propósito é fazer com que as empresas brasileiras vendam cada vez mais!
Baseado nisso, fiz um trocadilho com o título deste post com a frase dita aos pais de primeira viagem: "Não basta ser pai, tem que participar", portanto, não basta apenas desenvolver soluções, tem que participar... Veja alguns conselhos para os vendedores de software:
  • Lembrar de falar português e não PT-Br, quanto mais claro e objetivo for a apresentação do produto/serviços, maiores serão as chances de concretizar o negócio;

  • Ter em mente que a função principal não é apenas vender e sim fazer com que o cliente ganhe mais dinheiro, melhorando sua competitividade no mercado através da solução apresentada;

  • Encarar que antes os vendedores de software eram tradicionais (não técnicos) e hoje eles são técnicos com perfil de vendedores;

  • Mostrar para o cliente o quando é fundamental um software para seu crescimento e sucesso sem maiores problemas no futuro;

  • Ser educador e apresentador de tecnologia para o mercado, pois não adianta o programador derreter seus neurônios em funções recursivas para achar soluções ótimas se não tiver clientes usando e pagando por isso e desta forma, não há empresa que sobreviva.
Aísa é autora do livro Vendendo Software, Boas vendas!

Um comentário:

dmalta disse...

Boa dica, Bruno. Não conhecia o blog dela, mas vou passar a acompanhar também.

A propósito, é muito importante ter mais gente blogando em Delphi. Não precisam ser artigos grandes e elaborados, apenas a narrativa das experiências, dúvidas e aprendizados já é valiosíssima para manter a cultura Delphi viva.

Dou força a você e todo o pessoal da Cadena para não deixar desanimar e manter forte a atitude. Sejam vocês mesmos e ajudem a comunidade Delphi se desenvolver! Escrevam! Publiquem!

Abraços,

Malta.

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.